SATED/RS

Notícias

 

Reunião com o Diretor do Instituto Estadual De Artes Cênicas

Confira as pautas discutidas durante a reunião.

SATED/RS - 10/04/2015

Conforme reunião com o DIRETOR DO INSTITUTO ESTADUAL DE ARTES CÊNICAS, Sr. Deodoro Gomes, realizada no dia 06 de abril de 2015, o SATED/RS vem através deste documento reafirmar as pautas discutidas durante a reunião, para registro e conhecimento deste Instituto, do SECRETÁRIO DO ESTADO DA CULTURA Sr. Vitor Hugo Alves da Silva e do GOVERNADOR DO ESTADO DO RS Sr. José Ivo Sartori.false

1 - CAMINHOS CÊNICOS E CADASTRO DE JURADOS - A diretoria do SATED RS acredita na relevância e continuidade deste projeto, bem como da manutenção de critérios democráticos e transparentes para a continuidade e execução do mesmo. Por exemplo: adoção do cadastro dos profissionais interessados através de currículo e da impossibilidade da repetição de mais de duas vezes para o mesmo artista - durante período inferior a três meses;

2 - PRÊMIO IEACEN e ARENA – o sindicato reforça a importância da manutenção dos prêmios e alerta para que a publicação da edição 2015 seja realizada até o final do primeiro semestre do ano corrente;

3 - CENTRO CENOTÉCNICO – reforçamos a importância deste espaço, concebido e criado na gestão do governador Pedro Simon, para o desenvolvimento das áreas técnicas das artes cênicas. Trata-se de um espaço de criação, manutenção e aperfeiçoamento dos artistas do estado do RS. Alertamos para as condições inadequadas e precárias de funcionamento da estrutura física atual e da necessidade de implantação do projeto de ampliação já acordado e encaminhado entre o município de Porto Alegre e o estado.

4 - CASA DE CULTURA MARIO QUINTANA – após uma série de denúncias dos associados com relação às contrapartidas materiais solicitadas pela administração da CASA para uso das salas de ensaio, o sindicato vem registrar o seu descontentamento desaprovando veemente tais procedimentos, seja deste ou de governos anteriores. Trata-se de um espaço público mantido com verba pública e de uso fundamental para a classe artística, que sempre teve como premissa permutar o uso das salas através de espetáculos, oficinas e etc - CONTRAPARTIDAS ARTÍSTICAS. Outra questão de segurança tanto dos funcionários como do público frequentador dos teatros da CCMQ refere-se à área técnica. A contratação de técnicos capacitados e com, no mínimo, registro profissional para exercer as funções referentes ao bom funcionamento é uma ação de prevenção e respeito ao público frequentador da CASA. E, por último, reafirmamos nossa posição em prol do estabelecimento critérios claros e democráticos para a ocupação dos teatros da casa.

5 - CONDOMÍNIO CÊNICO – foi relatado a atual situação dos convênios estabelecidos com os grupos de teatro que a mais de 15 anos realizam uma ocupação cênica nos pavilhões 5 e 6 do Hospital Psiquiátrico São Pedro. O sindicato além de avalizar tais convênios solicita o apoio deste instituto para a concretização deste “Condomínio Cênico” referencia nacional nesse tipo de projeto.

6 - PROJETOS PARA O INTERIOR – foi salientado o anseio da classe artística para projetos específicos a serem desenvolvidos no interior do estado, contemplando uma boa parte de artistas moradores destas cidades, descentralizando e democratizando o acesso aos bens culturais.

SATED/RS © 2008-2014 | Direitos Reservados